2 de abril de 2016

Resenha: O Oceano No Fim Do Caminho - Neil Gaiman

Titulo: O Oceano No Fim Do Caminho
Autor: Neil Gaiman
Ano De Lançamento: 2013
Paginas: 208
Editora: Intrínseca

Sinopse: Foi há quarenta anos, agora ele lembra muito bem. Quando os tempos ficaram difíceis e os pais decidiram que o quarto do alto da escada, que antes era dele, passaria a receber hóspedes. Ele só tinha sete anos.
Um dos inquilinos foi o minerador de opala. O homem que certa noite roubou o carro da família e, ali dentro, parado num caminho deserto, cometeu suicídio. O homem cujo ato desesperado despertou forças que jamais deveriam ter sido perturbadas. Forças que não são deste mundo. Um horror primordial, sem controle, que foi libertado e passou a tomar os sonhos e a realidade das pessoas, inclusive os do menino.
Ele sabia que os adultos não conseguiriam — e não deveriam — compreender os eventos que se desdobravam tão perto de casa. Sua família, ingenuamente envolvida e usada na batalha, estava em perigo, e somente o menino era capaz de perceber isso. A responsabilidade inescapável de defender seus entes queridos fez com que ele recorresse à única salvação possível: as três mulheres que moravam no fim do caminho. O lugar onde ele viu seu primeiro oceano.


Minha Avaliação

Resenha: Li esse livro a pedido de uma amiga que leu mas não entendeu nada do livro. Então me emprestou para que eu lesse e nós pudéssemos discutir o livro. Pois bem, li o livro, mas a discussão não rendeu frutos, pois eu também não entendi nada desse livro. Fica até difícil dizer se o livro é bom ou ruim, pois na verdade ele não é nem um, nem outro, é um livro estranho.

"Se você tivesse me perguntado uma hora antes, eu teria respondido que não, eu não lembrava o caminho. Não acho nem que teria me lembrado do nome de Lettie Hempstock. Mas ali, de pé naquela saleta, tudo estava voltando. As lembranças estavam á espreita no arredores das coisas, acenando para mim. Se você me dissesse que eu tinha novamente sete anos, por um breve instante eu quase poderia acreditar".

É uma fabula fantástica, com muitas coisas estranhas acontecendo, mas que no final do livro você fica perdido, achando que perdeu alguma parte do livro, que pulou algumas paginas ou que não leu todas as paginas da história. Esta é a sensação que fica quando terminamos a leitura dele, que ficou faltando um monte de coisas que possa dar sentido ao que lemos.

"Meus pais eram uma unidade inviolável. De repente o futuro passou a ser um mistério: tudo podia acontecer. O trem da minha vida descarrilou, saiu dos trilhos e cruzou os campos, e agora seguia pela estrada comigo."

Se alguém tiver interesse e curiosidade de ler esse livro, caso consiga entende-lo, por favor me expliquem, pois eu continuo na ignorância sobre o que esse livro queria, enfim dizer, ou contar!

"Havia outra pergunta para qual eu precisava de resposta:
Por que eu vim até aqui?
Ela me lançou um olhar como se eu estivesse fazendo uma pergunta capciosa."

11 comentários:

  1. Oi Sophia, eu nunca li nada nada desse autor eu achei a sinopse interessante mas como você não entendeu nada do livro me desanimou um pouco a le-lo então eu não vou ler eu não gosto de livros confusos que quando você chega no final não entende o que se passou na historia bjs.

    ResponderExcluir
  2. Do Neil Gaiman só li Coraline e gostei bastante, é um livro ótimo. Que pena o livro ter sido estranho para você, também acontece isso comigo de não entender nada da história rsrs Quero muito ler pois achei a premissa interessante, então depois conto o que achei. Abraços :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que depois que vc ler, possa me esclarecer algumas coisas! rsrsrsrs
      http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

      Excluir
  3. esse livro me remete a melancolia, ele tem um certo tom melancólico que muitas vezes lembra a infância. não aquele conto de fadas
    colorido com ocasionais dramas, mas a real infância com medos, traumas e sensações que não sabemos nomear, só depois que crescemos que sabemos realmente o que é. Neil Gaimam é um cara que sabe mexer com o leitor. bj!

    ResponderExcluir
  4. "é um livro estranho". Confesso que ri com sua resenha porque é como eu me sentiria falando de um livro no qual não entendi nada hahaha
    Odeio dar uns "perdido' no livro mas acontece!
    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se vc tiver interesse em ler, leia. Aí vc vai ver que "perdido" é pouco a sensação que o livro passa! rsrsrsrs
      http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

      Excluir
  5. Considero Gaiman genial, mas achei complexo esse livro dele, talvez minha inteligência seja leiga para esse tipo de enredo. Não li outros então não sei dizer se esse tipo de escrita é uma característica do autor ou não.

    ResponderExcluir
  6. Nossa, gostei tanto dele. É um livro poético e cheio de interpretações. Bonito de tentar decifrar. Vale a pena ler e se encantar com essa história louca e cheia de coisas malucas. É um do autor que você pode achar meio mais que estranho, mas vale a pena conferir por ser exatamente assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse foi o único livro que li dele, então pode ser que essa forma de escrita seja uma característica do autor!
      http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

      Excluir
  7. Oi flor.
    Gostei da resenha, o livro parece ser muito profundo e despertou minha curiosidade.
    É interessante esse tipo de leitura, melancólica mas ainda sim poética.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que vc goste! Pretendo ler novamente, mas não por agora! Quem sabe com uma segunda leitura ele fica mais claro pra mim!
      http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

      Excluir