30 de abril de 2016

Sorteio entre Blogues

O Blog  Viajando pelas Páginas junto com o Blog Colecionando Romances, está promovendo um mega sorteio! Serão ao todo 4 prêmios, descritos abaixo!
Para participar, é preciso seguir algumas regras:
  • Seguir os dois blogues publicamente;
  • Curtir a fanpage do dois blogues; 
  • Escrever nos comentários: Eu Quero!
Caso algum dos sorteados descumprir qualquer uma das regras, o mesmo será desclassificado!
Boa Sorte e vamos participar!


1° PRÊMIO





2° PRÊMIO


3° PRÊMIO

4° PRÊMIO


Você poderá participar concorrendo aos quatro prêmios!
Comece agora mesmo!



a Rafflecopter giveaway

29 de abril de 2016

Triste Noticia

Trago uma triste noticia, o autor Elton da Fontoura faleceu, a equipe Viajando pelas paginas damos os nossos pêsames a família.

Conhecemos ele a pouco tempo, mas era um bom homem, que nesse momento esta ao lado de Deus. 

Ele apreciava as pilchas, o churrasco no fogo, o chimarrão, o sotaque e as palavras tipicas.

Escreveu os livros Gênios de Rua 1 e 2.


"Escrevo Brasil porque nosso país é rico de dialeto, folclores, fantasia e realidade. Junto tudo isso e mais um monte, coloca na cabeça, sacudo e vai saindo as idéias" - Palavras do autor em nossa ultima conversa.

28 de abril de 2016

Lançamentos De Abril: Editora Aleph


O Guia do mochileiro das galáxias foi, além de um marco do entretenimento britânico e mundial, uma das séries de comédia mais importantes, influentes e absurdamente legais já escritas. 
Revelando desde influências dos Beatles até relações com Doctor Who e Monty Python, Jem Roberts nos convida a descobrir a incrível história de Douglas Adams e de sua maior obra, anos depois da repentina e chocante morte do autor. Esta biografia, publicada com total aprovação de sua família e de seus amigos mais próximos, lança um novo olhar sobre Douglas e sua mundialmente aclamada criação. Pela primeira vez os arquivos pessoais do autor do Guia foram examinados, e ideias, trechos inéditos, relatos e novas piadas foram reunidos aqui, para a apreciação dos fãs, como uma celebração à mais louca odisseia da história da comédia britânica. 
Não entrem em pânico. E preparem suas toalhas... 



Darth Plagueis, mais que qualquer lorde Sith antes dele, ansiava pelo poder absoluto. E de fato se torna capaz de desenvolver uma habilidade de força inimaginável: o controle da vida e da morte. Seu aprendiz Darth Sidious, ou Palpatine, aprende a dominar em segredo o lado sombrio da Força, enquanto aos olhos da galáxia procura seguir sua escalada de poder, alcançando postos cada vez mais altos na hierarquia do governo. Um deseja viver para sempre; o outro busca o controle político supremo. Juntos, eles poderão enfim destruir os Jedi e dominar a galáxia. A não ser que impiedosas tradições Sith fiquem em seu caminho... Em uma trama envolvente, com estudos do domínio da Força, golpes políticos, complexa diplomacia, assassinatos e lutas ambiciosas, James Luceno mostra como dois dos mais poderosos Sith definirão o destino da galáxia.


John Perry fez duas coisas no seu aniversário de 75 anos: visitou o túmulo da esposa e alistou-se no exército. As Forças Coloniais de Defesa, misteriosamente, estão recrutando idosos para conquistar novos territórios interestelares. Detentores de uma tecnologia inovadora, as FCD são capazes de criar supersoldados com habilidades jamais vistas, e um exército disposto a arriscar tudo. 


Resenha: Fique Comigo

Título: Fique Comigo
Autor: Harlan Coben
Ano de Lançamento: 2013
Páginas: 285
Editora: Arqueiro

Sinopse: A vida de Megan Pierce nem sempre foi um mar de rosas. Houve uma época em que ela nunca sabia como seria o dia seguinte. Mas hoje é mãe de dois filhos, tem um marido perfeito e a casa dos sonhos de qualquer mulher- e, apesar disso, se sente cada vez mais insatisfeita. Ray Levine já foi um fotógrafo respeitado, mas agora, aos 40 anos, tem um emprego em que finge ser paparazzo para massagear o ego de jovens endinheirados obcecados em se tornar celebridades.
Broome é um detetive incapaz de esquecer um caso que nunca conseguiu resolver: há 17 anos, um pai de família desapareceu sem deixar rastros. Todos os anos ele visita a casa em que a mulher e os filhos do homem esperam seu retorno.
Essas pessoas levam vidas que nunca desejaram. Agora, um misterioso acontecimento fará com que seus caminhos se cruzem, obrigando-as a lidar com terríveis consequências de fatos que pareciam enterrados havia muito tempo.
E, à medida que se deparam com a faceta sombria do sonho americano - o tédio dos subúrbios, a angústia da tentação, o desespero e os anseios que podem se esconder nas mais belas fachadas -, elas chegarão à chocante conclusão de que talvez não queiram deixar o passado para trás.


Literatura Estrangeira / Romance Policial / Thriller

Minha Avaliação:

Resenha: Ray Levine poderia ter sido um fotógrafo renomado, porém algo que aconteceu há muito tempo faz com que sua vida tome outro rumo e ele se torne um fracassado.

Há alguns anos, o detetive Broome tentou solucionar o caso do desaparecimento de um homem. Porém, além de não conseguir, se envolveu emocionalmente com a esposa e os filhos do desaparecido. Depois de tanto tempo, ele consegue achar algo que talvez mude suas investigações.

Atualmente Megan é mãe e dona de casa que vive em um subúrbio. Tudo o que ela havia deixado para trás, volta quando uma pessoa da sua vida anterior a procura e diz que Stewart Green está vivo. Ela então resolve reviver momentos passados para encerrar essa história de vez.

O autor mostra a história pela visão de cada um desses personagens e os liga de modo impensável. Ele os coloca em situações que poderiam acontecer na sua vida e te faz refletir sobre o que faria se passasse por elas. 

E se você pensa que vai conseguir desvendar algum mistério desse livro, já aviso que não. Apenas nas últimas páginas será revelado todos os segredos e verdades aos leitores, e será muito surpreendente. Como sempre, Harlan escreveu uma trama ótima, bem desenvolvida e cheia de reviravoltas e suspense (e é por isso que ele é meu autor favorito :3 <3

27 de abril de 2016

Autores que Confirmaram presença na Bienal do livro de São Paulo 2016

"Autores que confirmaram presença na Bienal do livro de São Paulo 2016"

Esse ano estou super animada, por que vou poder ir na Bienal do livro, não vejo a hora do dia chegar.
Agora vamos ao que interessa, seis autores já confirmaram presença na bienal do livro. Tarryn Fisher, me aguarde kkkk.





Sinopse abaixo:

Ally D’Aplièse é uma grande velejadora e está se preparando para uma importante regata, mas a notícia da morte do pai faz com que ela abandone seus planos e volte para casa, para se reunir com as cinco irmãs. Lá, elas descobrem que Pa Salt – como era carinhosamente chamado pelas filhas adotivas – deixou, para cada uma delas, uma pista sobre suas verdadeiras origens. 
Apesar do choque, Ally encontra apoio em um grande amor. Porém mais uma vez seu mundo vira de cabeça para baixo, então ela decide seguir as pistas deixadas por Pa Salt e ir em busca do próprio passado. 
Nessa jornada, ela chega à Noruega, onde descobre que sua história está ligada à da jovem cantora Anna Landvik, que viveu há mais de cem anos e participou da estreia de uma das obras mais famosas do grande compositor Edvard Grieg. E, à medida que mergulha na vida de Anna, Ally começa a se perguntar quem realmente era seu pai adotivo.




Alguns segredos só conseguimos contar aos nossos maiores ídolos. 
Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop¿ apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky.
Mas Laurel não pode escapar de seu passado. Só quando ela escrever a verdade sobre o que se passou com ela e com a irmã é que poderá aceitar o que aconteceu e perdoar May e a si mesma. E só quando enxergar a irmã como realmente era: encantadora e incrível, mas imperfeita como qualquer um, é que poderá seguir em frente e descobrir seu próprio caminho.



Dois jovens prestes a escolher a morte despertam um no outro a vontade de viver.

Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família.
Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.




Joias significam riqueza, são sinônimo de encanto. A Joia é a própria realeza. Para garotas como Violet, no entanto, a Joia quer dizer uma vida de servidão. Violet nasceu e cresceu no Pântano, um dos cinco círculos da Cidade Solitária. Por ser fértil, Violet é especial, tendo sido separada de sua família ainda criança para ser treinada durante anos a fim de servir aos membros da realeza. Agora, aos dezesseis anos, ela finalmente partirá para a Joia, onde iniciará sua vida como substituta. Mas, aos poucos, Violet descobrirá a crueldade por trás de toda a beleza reluzente - e terá que lutar por sua própria sobrevivência. Quando uma improvável amizade oferece a Violet uma saída que ela jamais achou ser possível, ela irá se agarrar à esperança de uma vida melhor. Mas uma linda e intensa paixão pode colocar tudo em risco! Em seu livro de estreia, Amy Ewing cria uma rede de intrigas e reviravoltas na qual os ricos e poderosos estão mais envolvidos do que se possa imaginar, e onde o desejo por saber o destino de Violet manterá o leitor envolvido até a última página.


Charlie Wynwood e Silas Nash são melhores amigos desde pequenos. Mas, agora, são completos estranhos. O primeiro beijo, a primeira briga, o momento em que se apaixonaram... Toda recordação desapareceu. E nenhum dos dois tem ideia do que aconteceu e em quem podem confiar.

Charlie e Silas precisam trabalhar juntos para descobrir a verdade sobre o que aconteceu com eles e o porquê. Mas, quanto mais eles aprendem sobre quem eram, mais questionam o motivo pelo qual se juntaram no passado.




A Guerra Civil Galáctica segue após a destruição da Estrela da Morte e Luke Skywalker se esforça para aprender mais sobre a Força sem a ajuda de Obi-Wan Kenobi – ou de fato sem nenhuma ajuda. Mas as poucas memórias que ele tem das instruções de Obi-Wan apontam a direção para um maior controle da Força, e ele é encorajado para perseguir isso por um novo amigo na Aliança. Quando Luke, R2-D2 e seu novo aliado recebem a missão de liberarem uma pessoa do Império e entregando-a em um planeta seguro onde ela pode ajudar a Aliança, a jornada deles pela galáxia é cheia de perigos – e oportunidades para Luke descobrir os mistérios da Força.




Resenha: Airum - Nika Lup

Sinopse: Ela é tudo o que ele precisa, mas não pode ter.
Ele é a luz e a cura que ela não pode renunciar.
O que fazer quando se encontra uma alma gêmea, após anos de solidão, com um curto prazo para ficarem juntos?
Zaire é um guerreiro com uma missão de honra, para a qual se dedicou boa parte de sua vida. Quando é enviado à Terra e conhece a linda Melina, encontra-se em um território inexplorado de sentimentos incontroláveis. 
Melina é uma sobrevivente. Entretanto, nem sempre estar respirando significa que esteja vivendo, certo? Sim, até que ela conhece Zaire; o estranho que mexe com sua essência e vira sua vida metódica ao avesso.
Um amor destinado, separado por mundos distantes, conseguirá sobreviver contra todas as probabilidades?

Obs: Recomendado para MAIORES DE 16 ANOS.



Resenha: Quando vi  o tema do livro, confesso que não me atraiu de imediato. Mas lendo a sinopse, resolvi ler um capitulo para ver se a leitura fluía. Quando dei por mim, já estava no 20° capitulo e querendo continuar! O livro me surpreendeu muito, tanto que li em duas noites!

Muito bem escrito, super criativo, um livro leve e gostoso de ler. O enredo é envolvente, com personagens bem descritos e uma trama surpreendente. Resumindo: te deixa com ressaca literária, literalmente!

Me apaixonei pelo Zaire, me encantei com Melina! Ele o homem perfeito; ela é espirituosa e geniosa! Um casal quente e engraçado com uma sintonia linda de ver.

"É claro que tal coisa só podia acontecer comigo, a frigideira que sonhava em ter sua tampa."

E como em todo livro de romance, tem o mocinho e o vilão, e a trama envolvendo Melina e Zaire é muito interessante e bem construída, já que a missão de Zaire na Terra, não tinha nada a ver com Melina e o romance que floresce entre eles é emocionante e cômico em alguns momentos, mas também de sofrimento em outros!

"Os dias tem sido assim, uma sucessão de apaixonar-me cada vez mais intensamente por ela."

Tive a impressão que o livro tem continuação e espero que tenha pelo menos mais um volume contando sobre o irmão de Zaire! Quero conhecer melhor o Caire, ele é tão fofo! 

"Não posso dar as estrelas que tanto gosta de admirar, mas meu coração é seu."

Se eu gostei do livro? Amei!

Se recomendo a leitura? Com certeza!

Parabéns Nika! O livro é belíssimo! Como disse, me encantou e surpreendeu! Desejo muito sucesso na sua carreira, pois talento você já provou que tem!

Página do livro: https://www.facebook.com/nikalup.escritor
Link do livro no Wattpad: http://w.tt/1RrEIJ0 .



26 de abril de 2016

Lançamentos de Abril: Petit Editora



Quem nunca ouviu da boca de uma criança histórias sobre seus amigos invisíveis ou relatos de experiências vividas em outro período na Terra? Nesta obra, Valéria, diretora de uma escola de crianças e adolescentes, nunca tinha presenciado nada incomum entre eles, quando, de repente, começam a apresentar comportamentos estranhos. Profissional comprometida com o trabalho, Valéria fica desorientada. Ao buscar ajuda, conhece o médico Maurício, que a levará a compreender que apenas conhecimentos pedagógicos e psicológicos não são suficientes para ajudar seus alunos.

Paulo Hertz, o autor espiritual, faz parte da Colônia Céu Azul e há tempos trabalha com jovens nos dois planos. Ele nos traz este romance para orientar pais, psicólogos e educadores a lidar com uma nova geração, cuja presença em nosso planeta tem o objetivo de auxiliar a humanidade em seu processo evolutivo.
Leitura indispensável para se entender esse processo de transição.



Somos os únicos responsáveis por nossa evolução espiritual? Será que as pessoas com quem convivemos também contribuem para isso?

É comum ouvirmos a frase: família não se escolhe; amigos, sim!. Na contramão desse senso comum, Manolo Quesada nos mostra que entes familiares são fundamentais para nosso crescimento intelectual, espiritual e moral, e a eles devemos dedicar nossa atenção e respeito. Considerando que a família carnal é filtro para o encontro de uma maior e mais harmonizada a espiritual , o autor nos lembra de como é importante nos harmonizarmos agora, enquanto estamos juntos, encarnados.
Existe, então, uma regra para solidificar os relacionamentos familiares? Neste livro veremos que sim, e que a única maneira é trilhar a lei do Amor. Tão maravilhosamente ensinada por Jesus, ultrapassou a barreira do tempo e das civilizações.

25 de abril de 2016

Lançamentos de Abril: Editora Sextante

Quando desejamos alguma coisa, é comum ficarmos mais concentrados na ideia de que não a temos do que na vontade de tê-la. Embora esta seja uma atitude inconsciente, ela é a principal responsável pela dificuldade que temos em alcançar nossos objetivos. Como os pensamentos deveriam ser a expressão de nossos desejos, toda essa negatividade acaba atraindo o oposto do que queremos. Essa é a ideia principal de Peça e será atendido, que nos estimula a identificar nossos verdadeiros sonhos e a criar as condições para realizá-los. A fonte dessas revelações é Abraham, o guia espiritual que inspirou Esther e Jerry Hicks a compartilhar conosco essas valiosas lições. Com sensibilidade e clareza, os autores mostram o que devemos fazer para atrair aquilo que queremos – melhorar a saúde, equilibrar as finanças, redefinir prioridades, aumentar a autoestima ou aprimorar os relacionamentos. Os ensinamentos de Abraham apresentam uma visão do mundo capaz de transformar nossa vida, substituindo a negatividade por otimismo, coragem e alegria, ingredientes fundamentais para o sucesso e a realização. Mais de 7 milhões de livros vendidos. 


A série Diário de um Zumbi do Minecraft já vendeu mais de 300 mil livros no Brasil. 

Conheça o pior pesadelo para um jovem zumbi: o Acampamento dos Horrores! 
Nosso amigo zumbi tentou, tentou e tentou... 
Apesar de todos os planos mirabolantes e da ajuda de seus amigos Steve, Esquely, Slimey e Creepy, ele não conseguiu escapar do terrível destino de passar parte de suas férias no acampamento. Mas esse não é um acampamento comum! Os monitores são criaturas devoradoras de cérebro e a enfermeira é uma bruxa que gosta de comer carne podre! 
Será que Zumbi, Creepy e Steve sobreviverão aos terrores de lá? 
E como vão se preparar para as moblimpíadas, que acontecerão em poucas semanas? 
Novos amigos e novos rivais no sexto livro da série! 
Mas cuidado... O temível monstro de comida do refeitório pode estar atrás de você! 
Neste volume: o maior segredo do creepy é revelado! 



Publicado pela primeira vez na Austrália, Chega de açúcar foi um fenômeno de vendas e alcançou grande sucesso também nos Estados Unidos e na Inglaterra. 

Sarah Wilson sempre achou que sua alimentação era relativamente saudável até saber a quantidade de açúcar escondido na comida e quanto isso afetava a sua vida. Quando ela se deu conta de que o consumo de açúcar poderia estar associado a oscilações de humor, ganho de peso, problemas de sono e doenças relacionadas à tireoide, decidiu acabar com isso de vez. 
O que começou como uma experiência logo se tornou uma missão: alertar
sobre os perigos da substância e oferecer alternativas saudáveis e saborosas. Neste livro, a autora conta o que fez para conseguir se livrar da dependência, compartilhando ferramentas, truques e dicas inspiradoras. 
Em Chega de açúcar, você vai encontrar: 
Um programa de oito semanas para desintoxicar 
Ideias para substituir o açúcar sem comprometer a saúde
Técnicas para superar o desejo por doce 
108 receitas de pratos saudáveis, petiscos saborosos e doces guloseimas elaboradas pela autora e por seus colaboradores, incluindo a atriz Gwyneth Paltrow
Mesmo que você ainda não se sinta pronto para abandonar de vez o açúcar, este livro pode ajudá-lo a reduzir o consumo e até alcançar mudanças positivas para o seu bem-estar.




24 de abril de 2016

Lançamentos de Abril: Editora Intrínseca


Jenny Lawson está longe de ser uma pessoa comum. Ela mesma se considera colecionadora de transtornos mentais, já que é uma depressiva altamente funcional com transtorno de ansiedade grave, depressão clínica moderada, distúrbio de automutilação brando, transtorno de personalidade esquiva e um ocasional transtorno de despersonalização, além de tricotilomania (que é a compulsão de arrancar os cabelos). Por essa perspectiva, sua vida pode parecer um fardo insustentável. Mas não é.

Após receber a notícia da morte prematura de mais um amigo, Jenny decide não se deixar levar pela depressão e revidar com intensidade, lutando para ser alucinadamente feliz. Mesmo ciente de que às vezes pode acabar uma semana inteira sem energia para levantar da cama, ela resolve que criará para si o maior número possível de experiências hilárias e ridículas a fim de encontrar o caminho de volta à sanidade.
É por meio das situações mais inusitadas que a autora consegue encarar seus transtornos de forma direta e franca, levando o leitor a refletir sobre como a sociedade lida com os distúrbios mentais e aqueles que sofrem deles, sem nunca perder o senso de humor. Jenny parte do princípio de que ninguém deveria ter vergonha de assumir uma crise de ansiedade, ninguém deveria menosprezar o sofrimento alheio por ele ser psicológico, e não físico. Ao contrário, é justamente por abraçar esse lado mais sombrio da vida que se torna possível experimentar, com igual intensidade, não só a dor, mas a alegria.



Lynsey Addario ainda tentava se estabelecer no fotojornalismo quando os atentados do 11 de Setembro sacudiram o mundo. Por ser um dos poucos profissionais da época com alguma experiência no Afeganistão, ela foi chamada para voltar ao Oriente Médio e cobrir a invasão americana. Foi quando fez uma escolha que se repetiria muitas vezes depois: abrir mão do conforto e da previsibilidade a fim de correr o mundo confrontando com sua câmera as mais duras verdades.

As imagens captadas pelas lentes de Lynsey parecem buscar sempre um propósito maior. No livro, ela retrata os afegãos antes e depois do regime talibã, os cidadãos vitimados pela guerra e os insurgentes incompreendidos no Iraque, as aldeias incendiadas e os incontáveis mortos em Darfur. Expõe a cultura de violência contra a mulher no Congo e narra a ocasião do próprio sequestro, orquestrado pelas forças pró-Kadafi durante a guerra civil na Líbia — uma história marcante que ganhou destaque na mídia internacional.
Apesar da presumível bravura, Lynsey não é de todo destemida. Do medo, ela tira o olhar de empatia essencial à profissão. Quando entrevista vítimas de estupro, fotografa um soldado alvejado em combate ou documenta a trágica vida das crianças famintas na Somália, é essa empatia que nos transporta para os lugares onde ela esteve, e então começamos a entender como o ímpeto de retratar a verdade triunfa sobre o terror.
Testemunha de tantas insurreições, Lynsey sabe que não documenta apenas notícias, mas o próprio destino da humanidade. O que ela faz, com clareza, suavidade e beleza, é registrar a realidade muitas vezes em sua condição mais extrema. Mais do que um trabalho, isso é sua missão. Mais do que a história de uma vida nas linhas de combate, É isso que eu faço é um testemunho tocante do custo humano da guerra.



Uma mulher é brutalmente assassinada em um hotel decadente de Manhattan, seus traços dissolvidos em ácido. Um pai é decapitado em praça pública sob o sol escaldante da Arábia Saudita. Na Síria, um especialista em biotecnologia tem os olhos arrancados ainda vivo. Restos humanos ardem em brasas na cordilheira Hindu Kush, no Afeganistão. Uma conspiração perfeita, arquitetada para cometer um crime terrível contra a humanidade, e apenas uma pessoa é capaz de descobrir o ponto exato em que todas essas histórias se cruzam.

Peregrino é o codinome de um homem que não existe. Alguém com tantas identidades que mal consegue lembrar seu verdadeiro nome. Adotado ainda jovem por uma família rica, ele se tornou um importante profissional da espionagem. Em uma perseguição cinematográfica, Peregrino cruza o mundo, da Arábia Saudita às ruínas da Turquia; do Afeganistão ao Salão Oval da Casa Branca. Um caminho doloroso e repleto de ameaças inesperadas, na busca por um homem desconhecido cujo plano é desencadear uma destruição em massa sem precedentes.
Romance de estreia do renomado roteirista britânico Terry Hayes, Eu sou o Peregrino é uma narrativa ágil, com ritmo alucinante, cujos personagens são construídos de forma primorosa em toda sua complexidade psicológica. Uma jornada épica e imprevisível contra um inimigo implacável.



Buenos Aires, com suas largas avenidas, cafés em estilo europeu e bairros charmosamente decadentes, é cenário e ao mesmo tempo personagem das histórias de amor presentes neste romance arrebatador.

É por amor que Hugo deixa o Brasil rumo à capital argentina. Embora o relacionamento com Leonor não sobreviva, seu fascínio pela cidade resiste à dor da separação e à descoberta de que sofre de uma grave doença. Hugo cria laços com o arquiteto Eduardo e com a comissária de bordo Carolina, que evidenciam o poder regenerador das amizades verdadeiras. Ele se reaproxima de seu pai, Pedro, que troca a rotina de um casamento desgastado por uma vida em que é possível encontrar profundos afetos.
Cada personagem tem a oportunidade de contar a sua versão dos fatos, numa trama absolutamente democrática. Impossível não se encantar com a presença de espírito e o senso de humor de Carolina, a lealdade de Eduardo, a sensatez e a determinação de Daniel, o jeito excêntrico de Charlotte. Em comum, esses personagens adoráveis têm uma enorme capacidade de amar




Autora do sucesso Destrua este diário, Keri Smith surge agora com a proposta de uma agenda desestruturada, que pretende muito mais inspirar sua criatividade e muito menos organizar seu dia a dia. Com espaços sem data e distribuídos aleatoriamente para você fazer um resumo do mês que desejar, o livro funciona como um diário criativo, que vai ajudar o leitor a estruturar os pensamentos, mas de uma forma nada limitada nem previsível.

Um diário que foca simultaneamente no hoje e no amanhã pode parecer paradoxal, mas Keri Smith prova o contrário. A partir da ideia de que a busca pela organização e pelo perfeccionismo tão exaltada na cultura moderna é na verdade um grande empecilho do processo criativo, o estilo, a forma e a proposta pouco convencional de A agenda antiplanos, ao mesmo tempo que entretêm, levam à reflexão, capturando momentos e estados de espírito e convidando o leitor a controlar menos e experimentar mais, a deixar de levar tudo tão a sério e, simplesmente, viver. E o principal: a se divertir!



Com quem se casar e quando: essas duas questões definem a existência de toda mulher, provoca a autora logo no início de Solteirona. Em uma análise inteligente e bem-vinda dos prazeres e possibilidades de ficar solteira, a jornalista e crítica cultural Kate Bolick parte da própria experiência para ponderar o porquê de mais de cem milhões de americanas hoje preferirem ficar solteiras.

As projeções apontam que esse número só tende a crescer, mas, mesmo assim, uma mulher passar batida pelos vinte, trinta anos sem se casar continua sendo uma questão mesmo, e talvez principalmente, se isso for uma escolha deliberada. Decidida a fincar pé na solteirice, Bolick apresenta um elenco de personalidades femininas do último século que, pela genialidade e determinação, são inspirações para sua escolha: a colunista Neith Boyce, a ensaísta Maeve Brennan, a visionária Charlotte Perkins Gilman, a poeta Edna St. Vincent Millay e a escritora Edith Wharton. Ao destacar a trajetória nada convencional dessas mulheres, Bolick faz lembrar quão atemporal é o dilema a respeito de se casar e ter filhos e levanta uma pauta ainda mais crucial nessa discussão: o direito de escolher a própria vida.
Intensamente pessoal e bem embasado, Solteirona é ao mesmo tempo um inquietante livro de memórias e uma ampla análise cultural dessa encruzilhada que não deveria, mas tanto interfere no universo feminino. Uma defesa da liberdade da mulher de ser autêntica e fiel às inúmeras possibilidades de futuro que ela pode e deve projetar para si mesma. Se será um futuro construído a duas ou a quatro mãos, só a ela cabe decidir.


Quando decidiram embarcar em um passeio de balão, Oliver, Mya e Jorge nunca poderiam imaginar que acabariam caindo em uma ilha desconhecida habitada por animais exóticos e uma horda de vikings raivosos. Bem-vindo a Poptropica: um arquipélago completamente fora dos mapas, cuja existência é mantida em segredo do restante do mundo. Neste primeiro volume da história, os três amigos encontram um mapa mágico e se aventuram em uma perigosa jornada para tentar encontrar o caminho de volta para casa. Porém, os habitantes da ilha — incluindo o assustador líder dos vikings, Erik, o Vermelho — estão nos calcanhares deles, e Octavian, o capitão do balão, responsável por estarem presos naquela ilha, quer seu mapa de volta. Será que Oliver, Mya e Jorge vão conseguir fugir das garras dos sanguinários vikings e encontrar um jeito de escapar da ilha e de Octavian?