12 de março de 2016

Resenha: A Vida Do Livreiro A. J. Firky



Titulo: A Vida Do Livreiro A. J. Fikry

Autora: Gabrielle Zevin
Ano De Lançamento: 2014
Paginas:186
Editora: Paralela


Sinopse: Uma carta de amor para o mundo dos livros
“Livrarias atraem o tipo certo de gente”. É o que descobre A. J. Fikry, dono de uma pequena livraria em Alice Island. O slogan da sua loja é “Nenhum homem é uma ilha; Cada livro é
um mundo”. Apesar disso, A. J. se sente sozinho, tudo em sua vida parece ter dado errado. Até que um pacote misterioso aparece na livraria. A entrega inesperada faz A. J. Fikry rever seus objetivos e se perguntar se é possível começar de novo. Aos poucos, A. J. reencontra a felicidade e sua livraria volta a alegrar a pequena Alice Island. Um romance engraçado, delicado e comovente, que lembra a todos por que adoramos ler e por que nos apaixonamos.



Resenha: "Apesar de amar livros e ser dono de uma livraria, A. J. não gosta muito de escritores."

O livro é super curto, apenas 186 paginas, mas de uma profundidade que emociona e impressiona. Muito bem escrito, tem passagens bem humoradas, outras sarcásticas e alguns eventos tristes.

Gostei muito de ler esse livro e com certeza leria de novo, portanto, para leitores apaixonados, torna-se quase leitura obrigatória! O que torna esse livro especial é a forma como a autora estruturou o enredo. É livro que descreve mais sentimentos e emoções dispensa diálogos longos. 

"Pela experiência de Amélia, a maior parte dos problemas das pessoas seria resolvida se dessem mais chances às coisas."


A.J. é um cara estranho, todo mundo na ilha acha ele estranho, e até mesmo ele, sabe que é estranho. Mas parece e não quer se incomodar com a opinião alheia. Esse fato o torna um sujeito peculiar em seus gostos e suas escolhas, pois não tem amigos, vive amargurado por causa da perda da esposa. Mas um evento interessante faz com que A.J. se transforme, se torne outra pessoa, e a responsável por essa mudança, é uma criança. Uma menininha de dois anos chamada Maya. 

"Me ama? Você nem me conhece", diz A.J. "Menininha, você não devia sair amando por aí tão fácil." Ele a puxa para perto. "Nossa jornada foi boa. Foram 72 horas deliciosas e, pelo menos para mim, memoráveis, mas algumas pessoas não ficam para sempre em nossas vidas."


Para finalizar, o livro é emocionante. Super indico a leitura, ainda mais por ser um livro curto. É um romance que foge dos moldes da moda, ou seja, sempre tem um final feliz. O final desse livro não é triste, mas isso não significa que o livro não seja. É um livro sobre a vida. De como vivemos e encaramos a vida e as pessoas ao nosso redor, a forma como lidamos com situações difíceis e de como tentamos nos readaptar com as mudanças que a vida impõe.

"Não de morrer, pensa. Mas um pouco desta etapa. Todos os dias resta um pouco menos de mim. Hoje sou pensamento sem palavras. Amanhã, serei um corpo sem pensamentos. e assim por diante."

 

10 comentários:

  1. Gosto bastante de livros como esse e tenho certeza que adoraria lê-lo. E além de tudo é curtinho, provavelmente fácil e rápido de ler.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  2. Oi Sophia, eu achei a sinopse e a capa bem sem graça nõa me chamou a atenção não é o meu tipo de gênero literário bjs.

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito da premissa do livro, gosto de livros que trazem lições sobre a vida, sobre se adaptar as mudanças. Essa capa é muito lindinha. Outro fato que não posso deixar de comentar é a entrada de uma criança na história, pelo que entendi ela vai ajudar A. J. a ser mais feliz.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Nossa que interessante a história do livreiro!! Fiquei curiosíssima... :D
    Uma história relatando o amor dos leitores pelos livros e o incrível destino dessa livraria...
    Ameiii a indicação vou procurar!!

    ResponderExcluir
  5. Olá...
    Já vi alguns comentários sobre esse livro... E realmente parece ser bem interessante... Vou anotar aqui para tentar lê-lo em breve....
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  6. Confesso que nunca ouvi falar do livro, mas já gostei do livro, pelo jeito da resenha ele é bem interessante.

    ResponderExcluir
  7. Achei tão legal esse livro e fui querendo ler e ainda não consegui pegar. Arrastei a leitura. Mas é bem bonito mesmo, vejo muitos falarem isso e só me deixa com vontade de conferir logo. É pequeno e fácil de ler, rapidinho acaba. Uma boa dica pra quem quer passar um feriado, por exemplo, com uma boa leitura.

    ResponderExcluir
  8. Já ouvi elogios desse livro e com essa resenha me atiçou mais a curiosidade hahaha
    parece ser um história daquelas !
    Quero ler!
    bjus

    ResponderExcluir
  9. Olá, Sophia.
    Eu já li algumas resenhas desse livro e todas tem a mesma opinião que você. Assim só reforça a minha vontade de ler ele. Não sabia que era fininho, mas tem menos de 200 páginas.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Vi esse livro algumas vezes na livraria, mas como a capa nunca me chamou a atenção, nunca me interessei a ler a sinopse. Mas uma amiga, que lê muito e sempre que ela diz que um livro é bom, posso ler sem receio. Ela postou esse livro em grupo dizendo que era maravilhoso. Vi muitos comentários positivos de pessoas que leram e também que gostaram muito. Então resolvi colocá-lo na minha lista de próximas aquisições, ganhei o livro e logo resolvi ler. O livro me impressionou. É maravilhoso mesmo e pena que não achei mais nada dessa autora publicado, pois me apaixonei pela escrita dela. Quem ler não vai se arrepender e certamente irá indicá-lo para outras pessoas!

    ResponderExcluir