16 de março de 2016

Resenha: O Bisturi de Ouro

Resenha: 

Parceria: Autor Chaiene Barbosa Santos

Título: O bisturi de Ouro
Autor: Chaiene Barbosa Santos
Páginas: 183 páginas
Editora: Talentos da Literatura Brasileira

Sinopse:
   Um médico se torna um dos melhores cirurgiões de sua época. Apesar de ter tido uma infância pobre, Eduardo sempre se dedicou aos estudos, seguindo os conselhos de sua mãe, que era muito inteligente e conseguia enxergar o futuro com os olhos da sabedoria. No começo, seu pai não lhe dava apoio. Todavia, ele entendeu que o desejo penetrado no coração do jovem estudante era uma mola propulsora que o faria alcançar o seu objetivo e passou a apoiá-lo com os poucos recursos que possuía. O médico enfrentará um inimigo homicida, escondido sob o manto da amizade e terá de enfrentar um grande dilema: o desejo de vingança ou de perdão.

Resenha: Começamos o livro no ano de 1975, com Eduardo, um menino de 11 anos, que vive em casa simples, com seus pais e irmãos. Sua infância é boa, porém a vida financeira dos seus pais não, o que torna tudo um pouco mais difícil, desde cedo destaca-se por sua inteligência e fácil aprendizado.

Sempre teve o apoio da sua mãe, o incentivando a estudar para fazer faculdade.
Mas como nem tudo são flores, como o bom aluno que é, despertou a inveja de outro aluno, que viria ser no futuro, seu pior pesadelo.


Em sua tenra idade, se apaixonou por Helena, sua vizinha, que vem a ser irmã de seu amigo Rodrigo. Assim os jovens começam um namoro escondido, o tão bom primeiro amor.

Anos depois o destino separa esse belo casal, por uma divergência da vida, o pai da Helena, agora ciente do namoro, fica desempregado o que os leva a sair do Rio de janeiro, em direção a São Paulo, em busca de um novo emprego. Pela dificuldade que havia na comunicação naquela época, o casal acaba perdendo totalmente o contato.

"Mas o destino escreve certo por linhas tortas, e o futuro a Deus pertence" 

Com o passar dos anos, seu sonho de se tornar médico fica cada vez mais longe, com a morte prematura da sua mãe, a falta de apoio do pai, trabalhando e estudando a noite em uma escola publica, já que a empresa que seu pai trabalha, só paga escola particular até o primeiro ano do ensino médio, e um amigo que não quer o seu bem, tudo vai de mal a pior.

Alguns anos depois, consegue um emprego em uma grande empresa. Em junho de 1997, Eduardo perde seu emprego, no auge dos seus 22 anos, resolve por vez, que seria a hora de ir em busca do seus sonho, passou meses estudando como um louco e emfim consegue ingressar na faculdade de medicina.

Preciso dizer como essa leitura me cativou?
Acho que não né!

Eduardo é um batalhador, e compartilhamos o mesmo sonho, eu com certeza teria desistido na primeira adversidade, ele não! lutou com unhas e dentes pelo que acreditava ser o certo.

Ao longo do caminho, encontrou amigos verdadeiros, que o ajudaram a chegar no seu objetivo final, todos sabiam a dificuldade que era, era não, é, fazer faculdade de medicina, e cada um ajudava como podia, alguns com livros, outros com alimentos, e em momento algum, passou pela sua cabeça desistir.

Esse livro foi uma total surpresa, confesso que não esperava muito dele não, mas fui totalmente cativada pelos personagens, foi muito bom poder ler uma obra de um autor nacional que vou caracterizar, como a melhor escrita brasileira que já li.

O livro é narrado em terceira pessoa, a leitura é super rápida, quando fui fazer o rascunho da resenha, fiquei horas olhando o papel e pensando, o que vou escrever? no final concluir, que não ha o que escrever realmente, eu só digo, leiam esse livro, quando eu crescer, (Não de tamanho pelo amor de Deus, 1,75 já basta) quero ser como o Eduardo que apesar de ser um personagem fictício, para mim é um exemplo de vida.

Por que, eu acredito que no mundo, ha vários Eduardo da vida, assim como as Maria, que não aceitam um NÃO como resposta.








8 comentários:

  1. Já vi uma ou outra resenha dele e foi sempre bem favorável, pareceu bom. Pelo visto é mesmo. E surpreende, também não esperava muito dele quando vi pela primeira vez, mas agora acho que é uma boa história e tem personagens marcantes, fica na memória. Seria legal ler.

    ResponderExcluir
  2. Aaaaaain eu vi esse livro na Saraiva, quaaaase comprei. Mas infeizmnte não tive como :/ Ainda pretendo lê-lo.
    Ótima resenha flor. Creio que esse livro é bem pra mim mesmo haha, amo esses livros nesse estilo.

    Beeijos

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Adorei a trama do livro, nunca li um desses!
    Pretendo ler sim!
    ótima resenha!

    ResponderExcluir
  4. adorei a resenha, já gostei do enredo do livro, pode ter certeza que vou ler sim!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Marlene.
    Não sei se quero ler esse livro. Não teve nada nele que me chamasse a atenção. E também já li outros livros do autor e não gostei muito. Então não sei se leria esse.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Muito bom histórias assim, com personagens persistentes que não aceitam um não como resposta. Gostei muito da trama e da resenha.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Olá... Amei a resenha... Adoro esses personagens que não aceitam um não como resposta e vão em busca do seus sonhos até conseguirem o que querem... Vou deixar o título anotado pra ler mais pra frente...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  8. Pela capa do livro nunca imaginei que a história se tratasse disso, mas lendo a resenha fiquei muito curiosa pelo livro, uma história que, mesmo sendo ficção, nos mostra uma pessoa tão batalhadora.

    Abraços :)

    ResponderExcluir