13 de março de 2016

Resenha: @mor

Titulo: @mor
Serie: Emmi e Leo (#1)
Autor: Daniel Glattauer
Ano De Lançamento: 2013
Paginas: 188
Editora: Suma de Letras.

Sinopse: Num e-mail enviado por engano, começa um relacionamento virtual que testa as convicções de Leo Leike e Emmi Rothner. Leo Leike, ainda digerindo o fracasso de seu último relacionamento, responde de forma espirituosa a duas mensagens enviadas por engano por Emmi Rothner, casada. Inicialmente, ela só queria cancelar uma assinatura de revista. Depois, inclui Leo por engano entre os destinatários de um e-mail de boas festas. Na terceira troca de e-mails, o mal-entendido dá lugar à atração mútua, reforçada pelo fato de um nunca ter visto o outro. Nada como a curiosidade instigada por frases bem encadeadas chegando a intervalos regulares numa caixa postal eletrônica para que os dois se esqueçam dos possíveis impedimentos. A cada dia, Leo e Emmi se sentem mais impelidos a marcarem um encontro. Após trocas contínuas de mensagens, está claro para ambos que o marido dela e as feridas emocionais dele não serão obstáculos para que marquem um encontro. O único obstáculo real é a insegurança de ambos quanto à transformação da fantasia em realidade. O austríaco Daniel Glattauer dá nova vida à tradição epistolar em @mor, primeiro de dois romances que exploram um relacionamento sustentado basicamente em trocas de e-mails. Romance de estreia de Glattauer e campeão de vendas na Alemanha e na Espanha, o livro explora, sob roupagem moderna, sentimentos familiares a amantes de todas as gerações.

Resenha: Este livro realmente me surpreendeu. Confesso que julguei o livro pela capa, já que eu achei feia a capa, e se ele não fosse um livro curto eu sei que nunca teria tido a iniciativa de começar a leitura.

A escrita do autor é bem simples e a leitura nos envolve do começo ao fim, li ele em poucas horas. A história fala sobre um e-mail que foi enviado para o endereço errado e que com isso se inicia uma série de conversas que aos poucos se tornam essenciais na vida de Emmi e Leo.

O livro inteiro é narrado na forma de e-mails, mas isso foi o que tornou o livro tão real, eu pessoalmente adorei e nunca tinha lido um livro assim, foi uma ótima primeira experiencia.


"Pra mim, você é como uma segunda voz dentro de mim, que me acompanha durante o dia a dia. Você fez o meu monólogo interior um diálogo. Você enriquece a minha vida."

Emmi foi em alguns momentos um pouco enjoativa e confusa, mas Leo foi o personagem que deu mais charme a história. O final me deixou com muita raiva, mas irei perdoar o autor porque tem continuação, que eu pretendo ler.

Desafio I Dare You de Março concluído (Capa feia)


9 comentários:

  1. Eu já tinha lido alguns comentários sobre os livros do Glattauer, mas nunca tina parado nem pra ler sinopses dos livros dele. Eu li a resenha e fiquei bastante curiosa, e fiquei me perguntando "E o marido dela?" =x
    A curiosidade tá bem alta, mas não sei se lerei. Talvez, se tiver uma oportunidade!

    ResponderExcluir
  2. Oi Brenda sinceramente a capa e a sinopse do livro não me chamaram a atenção achei o enredo da historia sem graça bjs.

    ResponderExcluir
  3. Acho esses livros legais pelo jeito de escrita, mas é meio bobo. Confesso que esperei demais e foi um tanto decepcionante em alguns momentos. Mesmo assim vale a pena conferir, ao menos pra diferenciar a forma de leitura.

    ResponderExcluir
  4. Olá....
    Ainda não tinha visto nada sobre esse livro... Mas parece ser uma leitura leve para se fazer em um momento de descontração.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Já conheço o livro, mas não tinha lido resenha ainda, bom saber que o livro tem uma forma diferente de escrita e é bem surpreendente.

    ResponderExcluir
  6. eu gosto do autor, mas não gostei muito desse livro!
    Não sei se leria...
    Mas quem sabe um dia!
    bjus

    ResponderExcluir
  7. Olá, Brenda.
    Eu li a outra edição do livro e amei a capa hehe. O que me chamou a atenção nesse livro foi ele ser escrito através de e-mails, mas me irritei em muitos momentos com a indecisão da protagonista.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  8. A capa realmente não é muito bonita e não chama tanto a atenção, mas me interessei um pouco pela história, principalmente por ser escrito em forma de email gosto de narrações assim então o livro é uma ótima dica.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Não achei a capa tão feia, achei até bonitinha, não gostei mesmo foi do título do livro, por começar com um @, mas pela sua resenha, e sendo um livro curto, acho que eu provavelmente leria.

    Abraços :)

    ResponderExcluir