18 de fevereiro de 2016

Resenha: Lucas

Titulo: Lucas
Autor: Kevin Books
Ano De Lançamento: 2008
Paginas: 384
Editora: Rocco

Sinopse: Num dia de verão, Caitlin vê Lucas, um jovem como outro qualquer, mas que a intriga e transforma algo dentro dela – curiosidade e medo se misturam e sentimentos, até então desconhecidos, despertam numa avalanche. Lucas tem uma personalidade forte e, ao mesmo tempo, serena, que incomoda e provoca o povo da ilha de Hale, que faz de tudo para livrar-se dele. Caitlin quer entender o porquê dessa repulsa e, embora não possa interrompê-la, decide não fazer parte daquilo e seguir seu coração. Este é o mote de Lucas – Uma história de amor e ódio, um romance forte, carregado de sentimentos, que reafirma o talento do inglês Kevin Brooks e sua sintonia com o público juvenil.



Resenha: "E então, de repente, o tempo e a distância pareceram avançar e ficamos no mesmo nível do garoto. Enquanto isso, ele virou a cabeça e olhou para nós. Não, não foi assim - ele virou a cabeça e olhou pra mim."


Não conhecia o autor, muito menos o livro quando tive conhecimento do mesmo. A sinopse e a capa me chamaram a atenção, comprei o livro e logo que chegou fui ler! O livro é denso... o tipo de livro que você lê e parece que não ai do lugar, mas não é monótono ou chato. 


"Eu precisava sair, andar na praia, sentir a brisa do mar nos meus cabelos e ouvir o movimento das ondas na areia. Precisava olhar o horizonte e imaginar o que havia além dele, olhar as aves, sentir que estava de volta ao lugar que pertencia."


O livro trata de questões como adolescência, família, relacionamentos e comportamento de grupo (tema estudado na psicologia). O enredo é bem construído e os personagens são bem marcantes. Mas o livro não é com uma história e com um final feliz, muito pelo contrario... é triste, revoltante, mas também tem pequenas coisas legais, coisas para se pensar. 

"As multidões são coisas estranhas. Uma multidão tem uma mente coletiva só dela, uma mente que ignora a consciência de suas partes constituintes e se atira às paixões mais inferiores." 


Como sempre comento nas minhas resenhas, para quem não gosta de livros com profundidade, livros que nos levam a refletir, que nos fazem pensar, não leiam porque não vão passar do primeiro capitulo. Agora, pra quem gosta de uma leitura mais profunda, com questões do cotidiano, cheio de reflexões e denso na sua escrita, vai adorar.

É um livro que todo adolescente deveria ler, mas duvido que algum adolescente aprecie a história!

"Eu estava de novo no meu quarto. Não era criança. Tinha quinze anos. Em menos de um ano, eu teria idade suficiente para me casar e ter meu próprio filho. A ideia me deu um arrepio na espinha."



17 comentários:

  1. A trama em si é legal mas acho que não leria agora, não tenho muito tempo maa adoro livro que nos faça pensar e refletir .
    Quem sabe nas próximas férias!
    Bjus *-*

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto muito de livros com coisas mais profundas, mais confesso que não me interessei muito por ele.

    ResponderExcluir
  3. A resenha que eu precisava ler, com certeza. Um livro que eu não conhecia, que não daria nada pela capa e nem pela sinopse, e quando li essa resenha me veio um sentimento de preciso ler esse livro. Exatamente o tipo de história que eu amo ler. Obrigada por me apresentar isso!!

    ResponderExcluir
  4. Olá.... Parece ser um livro muito bacana.... Vou deixar anotado aqui para ler mais pra frente... Gosto de livros que nos fazem refletir... Amei a resenha... Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Sua resenha está muito boa, não conhecia esse livro, mas lendo um pouco mais sobre a história percebi que ele não faz muito meu estilo de leituras, então por esse motivo não pretendo lê-lo.

    ResponderExcluir
  6. Gostei da resenha mas infelizmente não posso dizer o mesmo do livro, o tema do livro não me agradou, fica para a próxima.

    ResponderExcluir
  7. Não sei se conseguiria ler uma obra tão complexa e profunda, mas me interessei muito! Apesar de jovem, acho que fiquei bem curioso com a premissa. Não conhecia o livro, parabéns pela resenha :)

    ResponderExcluir
  8. Eu não me importo em ler obras complexas e profundas, mas confesso que a premissa deste livro não me agradou muito, estou um pouquinho saturada de livros que trazem problemáticas adolescentes. Porém, talvez um dia dê uma chance. Gostei muito da resenha.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Eu amo ler obras Profundas e complexas, mas a premissa não me chamou a atenção. Talvez um dia. Amei a resenha, muito.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá, Sophia.
    Nunca tinha ouvido falar sobre o livro. Achei interessante o nome, já que é bem difícil encontrar livros com nomes masculinos. Não sei se leria no momento, mas deixo a possibilidade em aberto.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Oi Sophia, eu gostei bastante da sinopse o livro parece ser bem incrivel com certeza vou ler bjs.

    ResponderExcluir
  12. A sinopse é interessante, mas fiquei meio pé atrás com a resenha. Não curto livros que ficam na mesmice ou não chegam a lugar algum. Pode não ser chato, mas vendo a resenha acho que iria ler por ler e não chamou muita atenção =/

    ResponderExcluir
  13. Eu não me interessei pela sinopse, infelizmente. A capa é linda e intrigante, mas a sinopse me desanimou um pouco mais. Além disso, atualmente, eu procuro uma leitura mais leve e rápida, pois meu tempo está muito limitado :/

    ResponderExcluir
  14. Gostei desse livro, de verdade! Acho que deve levar o leitor um uma reflexão muito boa, pena que a capa nao é tão bonita.

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    O livro pareceu legal e interessante, mas não é muito o tipo de leitura que gosto de fazer e acabou que não gostei !!

    ResponderExcluir
  16. Que legaaal!
    Amo livros que falam sobre adolescência, psicologia e afins!!
    Vou anotar aqui, pra lembrar de comprar quando der!!
    bjoss

    ResponderExcluir
  17. Gosto de livros densos,mas não tenho certeza se vou gostar desse livro, talvez seja para outra faixa etária que não a minha.

    ResponderExcluir