13 de fevereiro de 2016

Projeto Livros Nacionais: Gênio de Rua 1 e 2


SINOPSE DO GÊNIO DE RUA – LIVRO 1
No prólogo da estória, uma renomada artista plástica, suicida-se. Apesar de morta, Ketlin, a artista, deixa heranças até as últimas páginas. Oto, o Delegado, cismado, encontra rastros de raciocínio, ao farejar as entranhas da finada herança.
Um dos oito ovos desaparecidos de Fabergé, o Querubim e Carruagem, foi encontrado no interior de uma pequena embarcação naufragada. O nativo descobridor o enterrou, não sabendo o que fazer com aquele valioso tesouro. Ao invés de um mapa, esboça um curioso enigma destinado à sua herdeira, sem prever que em breve, eles se encontrariam em outra dimensão.
Calisto, o principal protagonista, um ateu não praticante, torna-se o Gênio de Rua, um super-herói incomum. Sua missão? Salvar os sonhos, dispondo de um só poder.
Sua paixão, Quiara, está misteriosamente desaparecida. Quando desvenda o mistério, e sai ao encontro dela, percebe a verdadeira distância.
Surgem do além e aquém, tutores espirituais na estrada de Calisto. Lá pelas tantas, o ateu se vê diante do mundo dos mortos.
Na vizinha Estação Ecológica de Taim, Samuel Antony, presidente da S.A. Ltda. e Ketlin, a finada artista, anos atrás, encontraram uma clandestina mina de Nióbio. O Brasil é detentor de 98% deste minério na escala mundial, sendo o único exportador. Mas o crime que ocorre em Minas Gerais, Roraima, Goiás e Amazonas, com a conivência do governo federal, também em Taim é praticado.

Obs: Para que haja total compreensão do Livro 2, será preciso ler o Livro 1. O Filme de Letras Continua literalmente!

SINOPSE DO GÊNIO DE RUA – LIVRO 2
Gênio de Rua 2, O Filme de Letras Continua, reinicia com a deportação de Artur Girau de Medeiros, autointitulado Zabelê, para Juazeiro do Norte, sua terra natal. Irá cumprir dezessete anos de prisão em regime fechado. Foi o único condenado no julgamento do Crime do Nióbio. A justiça desta vez, não foi totalmente injusta!
Já na condição de presidiário, ele recebe a visita da obcecada Joá, linda empresária que alimenta por ele, um amor doentio, como se fosse um deus. Inconformada, ela planeja um sumiço cinematográfico que irá transportar Artur, seu Moreco, para bem longe daquela penitenciária.
Porém, o destino foi muito além do esperado, e a partir do plano de fuga, a história segue por atalhos que na prática, eram os únicos caminhos.
Enquanto fatos se sucedem no Nordeste do Brasil, no Sul, o Gênio de Rua desbrava sua obscura senda de herói. Muitos acontecimentos simultâneos e paralelos vagam por direções inversas, e uma caverna secular, afunila a história.
Personagens remanescentes e totalmente desconhecidos, se envolvem em um enredo de amor, crenças, delitos e dimensões aquém do além! O Filme de Letras Continua ainda mais envolvente.
Mas este entrevero, essa diversificada trama de fatos, serão heterogêneas, ou a umidade dos pampas gaúchos irá se misturar lá diante com o árido sertão nordestino?


Sobre o autor: Elton da Fontoura
Nasci em Porto Alegre no dia 15 de Fevereiro de 1958.
Formado no Ensino Médio
Técnico em Administração de Empresas.
Aposentado.
Ex-Professor de Informática. Ministrava aulas para turmas na Escola Mesquita e Cursos Estaduais e Federais pelo Instituto Integrar, na capital Gaúcha.
Mora atualmente no Balneário Cidreira - RS

Contatos: genioderua@gmail.com
YouTube: Gênio de Rua
www.facebook.com/eltondafontoura


20 comentários:

  1. Sinceramente, não achei o livro muito interessante. Mas boa sorte para o autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez, Theresa, a resenha te faça mudar de ideia! Rótulos muitas vezes são mal desenhados, e ocultam preciosos perfumes. É difícil criar uma sinopse de uma história que revele tantos detalhes. Gênio de Rua é Um Filme de Letras, repleto de minúcias. Aguarde!

      Excluir
  2. Oi Brenda sinceramente as sinopse dos livro não me chamaram a atenção mas aguardo resenha quem sabe eu mudo minha opinião bjs.

    ResponderExcluir
  3. É difícil opinar sem uma resenha, e por também, não apreciar este tipo de leitura, mas que o esforço do escritor em escrevê-lo tenha retorno !

    ResponderExcluir
  4. Parece que divulgar um livro, não surte o efeito desejado. Sinopse e capas, os rótulos, continuam influenciando e modulando o leitor. Não escrevi literalmente um romance, mas há romance. Há também denúncia de um crime ocorrendo em nosso país, e que o nosso povo desconhece. Há o lado místico, um herói com um só poder, uma filosofia de vida incomum, e uma história em dois volumes com sotaques brasileiros. Ah, também o meu estilo, algo diferenciado e comentado de quem já leu. Tenho senso crítico, e não estaria aqui, se não valesse a pena.

    ResponderExcluir
  5. Olá! Infelizmente a sinopse não me chamou a atenção. Com uma resenha posso até mudar de opinião.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Adoro livros nacionais!
    Esse aí parece ser legal mas não entendi muito bem a sinopse!
    vou esperar pela resenha!
    Bjus *-*

    ResponderExcluir
  7. Bem este livro parece ter uma pitada de tudo, romance, suspense, crime... parece ser uma boa história. Achei a sinopse um pouquinho confusa, mas daria sim uma oportunidade a obra. Vou aguardar a resenha, para conhecer um pouco mais do enredo.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Olá, Brenda.
    Eu achei os livros bem interessantes, no estilo que eu gosto de ler. Mas vou aguardar as resenhas para saber mais sobre eles.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  9. A história parece bem interessante, parabéns pelo ótimo projeto de incentivo à nossa literatura! Desejo muito sucesso ao autor. Abraços :)

    ResponderExcluir
  10. Oi Brenda, leia e nos conte o que achou... Nunca consigo me levar só pela sinopse dos livros... Me interesso quando vejo bons comentários a respeito. Só desanimam um pouco as capas, não gostei muito.

    ResponderExcluir
  11. A Sinopse parece ser interessante, mas aguardarei uma resenha para ter certeza se lerei.

    ResponderExcluir
  12. Gurias, o livro é excelente! Não se prendam muito por resenhas, montem vocês mesmas suas opiniões. Mas, se querem um pouquinho: tem de tudo naquelas páginas,tem mocinho, tem mocinha, tem coisas engraçadas.. O jeitinho de cada personagem que encanta tanto que dá uma saudade gigantesca quando acaba o livro.
    Eu leio desde meus 13 anos, hoje eu tenho 26. Li e leio muitos livros todos os dias. Gosto de comparar o Gênio de Rua com Sherlock Holmes...
    Não sei qual tipo de livros vocês gostam, mas eu adoro romances. Gosto de Bella Jewel, Bya Campista, Bianca Briones, Southward River, Carina Rissi, Joanna Wylde..e muito mais.. Mesmo assim amei os Gênios.
    Penso que talvez, por vocês terem lido " nióbio/ crime" tenha deixado o livro chato de ser lido, mas não é.
    O autor é muito inteligente. É de ficar de queixo caído de como ele consegue montar todas aquelas cenas...
    Tenho certeza que todo mundo vai gostar!!!!!

    ResponderExcluir
  13. Parece interessante, gostei dos dois. Só que ainda precisava de umas resenhas pra ter uma ideia melhor, aprender mais das tramas antes de ler. Apesar disso acho que leria e iria gostar, parece ser bom.

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia esse livro, lendo a sinopse ele não despertou minha curiosidade e interesse, mas quem sabe após eu ler a resenha, mude de ideia.

    ResponderExcluir
  15. Olá...

    Apesar de não ter me interessado muito por esses livros, acho super bacana o fato de divulgar os autores nacionais...
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Os livros são interessantes, apesar do fato de eu ter ficado um pouco confusa com a quantidade de informações que o post oferece. Fiquei animada para ler após o comentário da Gabriela Fagundes, irei pesquisar mais sobre eles.

    ResponderExcluir
  17. Sinceramente não sei o que dizer, fiquei confusa, espero ler alguma resenha por aqui.

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Gostei da sinopse mas quero ler a resenha para ver se realmente gosto !

    ResponderExcluir
  19. Acho muito importante abordar temas como a extração ilegal de Nióbio dentro da literatura de ficção, não apenas em documentários e livros técnicos.

    ResponderExcluir