28 de agosto de 2015

Resenha 826 notas de amor para Emma


Título: 826 Notas de amor para Emma
Autor: Garth Callaghan
Editora: Leya
Ano: 2014
Páginas: 320
Nota: 5/5 + Favorito

 Uma história de amor comovente de um pai por uma filha. Pouco depois de Emma completar 12 anos, seu pai, Garth Callaghan, descobriu que tinha câncer de rim. Determinado a fazer do tempo que lhe restava relevante, ele compilou diversos valores para auxiliar sua filha até a formatura do Ensino Médio.Garth começou a escrever seus recados em guardanapos quando Emma ainda estava nos primeiros anos de escola. À medida que a filha foi crescendo, suas notas tornaram-se mais significativas. 826 notas de amor para Emma é um relato familiar inspirador, repleto de amor e sabedoria. No início de cada capítulo, Garth apresenta um dos recados de guardanapo para, em seguida, compartilhar uma história ligada àquela mensagem e à sua própria vida. Com olhar sensível e sábio, Garth consegue confortar os corações e tocar as almas dos leitores.
Resenha: Olá leitores!
Eu estou trazendo esta resenha do meu blog Um lugar para ler e sonhar, porque achei este livro muito emocionante e gostaria que todos um dia tivessem a oportunidade de ler.

Você já está acostumado a ouvir histórias sobre pessoas com câncer. Mas esta, é bem longe de ser uma história normal do qual você já está cansado de saber.

Não vou mentir que a princípio, peguei o livro somente pela capa que é maravilhosa, mas que depois, a história foi me conquistando de uma maneira simples, fácil e rápida.

Garth é um homem normal que vive uma vida tranquila ao lado de sua mulher, que está grávida de Emma.
Mas, ele descobre que tem câncer e sua única preocupação é em não poder estar perto da filha quando ela mais precisar. Porém, depois de uma cirurgia todo câncer de seu corpo vai embora.


''Perdão é um presente que você dá a si mesma. Você não precisa esquecer. Só precisa aprender a deixar para lá e não permitir que uma pessoa ou cituação a controle.''


E é quando Emma já está virando uma mocinha, na típica adolescência é que mais problemas retornam: O Câncer está de volta.

Mas desta vez é pior, já que, se resolver fazer a cirurgia, vai perder vários sentidos do seu corpo que um homem de 42 anos nunca estaria disposto a perder, muito menos sua mulher.
E seu médico já o advertiu: Ele tem 8% de chances de viver por mais cinco anos.

Preocupado, desolado e extressado com toda a situação, ele decide provar para as pessoas que amam, os seus sentimentos.
E é aí que a história começa a desenrolar, quando ele começa a preparar a refeição de Emma para escola, ele deixa bilhetes de guardanapos, com frases, citações, inspirações e conselhos para começar o seu dia melhor.


Querida Emma,
Às vezes, quando preciso de um milagre, eu olho em seus olhos e percebo que já tive um.
Com amor, papai.

Ele quer fazer a diferença não somente para Emma, mas ele quer que outras pessoas se inspirem no seu exemplo e que façam a mesma coisa, porque segundo ele, isto pode tornar o dia de alguém melhor, com uma simples frase de ''Eu te amo!''

Então ele cria uma página no facebook de Bilhetes de papel, para que mais pais se inspirem em demonstrar o amor para com a sua familia.

Sua história fica super conhecida e é convidado por vários programas de televisão. E de alguma forma, ele cumpriu o seu papel e muitos pais seguiram seu exemplo.


Querida Emma,
Não importa aonde você vá na vida, mas sim as pessoas que estão ao seu lado e como você fará a diferença.
Com amor, papai.

O objetivo do livro nos é passado de uma forma muito clara: Tentar demonstrar o amor para as pessoas que amamos, porque depois poderá ser tarde demais.


Em nenhum momento esta mensagem foi forçada, o que muito pelo contrário, foi passado de uma maneira do qual queriamos abraçar Garth e dizer que ele não estava sozinho na batalha contra o câncer.
O livro não chega a ser emocionante, mas sim muito tocante.

É impossível não terminar a leitura com uma vontade de querer saber mais sobre o que aconteceu com ele e sua família. Além de que, você chega no final com a sensação de querer ''mudar o mundo'' e literalmente fazer a diferença.

Já estou praticando esta ideia e fazendo a mesma coisa.


''Todos nós precisamos de paz, e o perdão nos ajuda a deixar a dor passar. Perdoar é uma decisão, assim como muitas outras em sua vida. Você pode decidir.''

Por se tratar de uma história real, eu achei que o livro traria uma carga de drama bem pesada, mas me surpreendi, quando comecei o livro e vi que o foco não era a história sobre o câncer, mas sobre como o câncer o tornou uma pessoa diferente, sobre como ele pensava na sua família e em ser um bom pai para a filha.


O foco da história era totalmente os bilhetes. Garth Callaghan se dedicou muito para ser um ótimo pai e um excelente marido.


''-Garth, você não está sozinho nisso. Nunca esteve. Você não precisa se preocupar sobre o que dizer. Você já disse tudo. Só que existem pessoas que ainda não ouviram. Embrulhe, escreva, conecte-se. Isso não é sobre câncer, mas sobre o quanto sua filha significa pra você, e um ótimo lembrete para todos nós aproveitarmos cada pequena oportunidade que tivermos para dizer àqueles que amamos que eles são maravilhosos!''

A leitura é mais que recomendada! Se eu pudesse, obrigaria todos a lerem este livro, mas como não posso, espero que essas palavras transmitam a essência da leitura e em como ele mudou a minha vida. Inclusive, eu comecei a fazer meus bilhetes e deixar para as pessoas que realmente importam para mim e elas super amaram os bilhetes e já vão logo perguntando o que tenho em mente para o próximo. 


Recomendo que tenham esta experiência.

7 comentários:

  1. Oi, Rebecca! Sem dúvidas, o livro parece ser muito especial, ainda mais pelo fato de se tratar de uma história real. Eu adoraria ter a oportunidade de fazer essa leitura, mas confesso que não sei se conseguiria por agora. Estou numa fase em que me vejo fugindo de temáticas que me exijam uma carga emocional maior. Mas o livro, a mensagem que ele passa, é algo maravilhoso. Deixarei a dica para futuramente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa!
      Que pena, tinha certeza de que iria gostar, mas entendo, neste caso nem é muito bom ler livros muito pesados mesmo não.
      Beijos!

      Excluir
  2. que lindo, amei mesmo, já to super curiosa pra lero livro, que emocionante ainda mais agora que sei que é uma história real,não conhecia o livro nem a autor.

    ResponderExcluir
  3. Olá, Rebecca. Olhem para esta capa de 826 notas de amor para Emma. Não é mesmo uma maravilha? Todos gritam, sim!!! Além da sua capa bem trabalhada, percebi por sua resenha que o livro trata de assuntos ótimos para uma leitura divertida e fluída. Gostei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ycaro!!
      Com certeza todos gritam SIM!!
      Infelizmente, o livro não tem nada de engraçado, acho que não passei isto não. Pude mostrar que o livro é bem triste. Mas sim, a narrativa é muito fluída.
      Beijos!

      Excluir
  4. Oi,
    Pela sinopse esse livro parece ser muito emocionante. Fico muito feliz em saber que não é um típico livro sobre câncer, pois quando abordam esse assunto, quase todos os livros são iguais. Pela resenha esse livro parece ser do tipo que faz você acordar para a vida, e começar a ver as coisas de uma forma diferente. Gostei da resenha e da indicação <3 ! Acho que se tiver a oportunidade de lê-lo vou amar.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. O livro parece ser realmente tocante, do tipo que sempre tiramos uma lição ou outra para vida, por mais pequena e simples que seja.
    Me interessei bastante por ele e darei uma chance mais para frente, pois por enquanto não ando conseguindo ler nada de tão ocupada que estou.
    Abraços

    ResponderExcluir